Só sei que nada sei, mas ainda insisto em digitar...

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Só sei que não fui sugado. - "Teoria do Buraco Negro Social".

"A causa do buraco negro tradicional é o próprio corpo celeste que ficou sem combustível. A causa do buraco negro social é a própria pessoa que ficou sem vontade."



Você provavelmente já deve ter ouvido falar em "buraco negro". Falando de forma leiga, um buraco negro (falando fisicamente) é um determinado lugar no Universo, de onde nem mesmo a luz pode escapar. Einstein, com sua "teoria da relatividade geral" dizia que a massa de um corpo produz uma deformação no espaço-tempo. 

Vamos analisar mais ou menos como se forma um buraco negro em um ponto "X" do Universo: Ele se forma quando uma estrela (ou corpo celeste) super massivo (ou seja, de uma grande massa) entra em colapso por conta da força de sua própria gravidade. Por exemplo: Uma estrela equilibra a pressão da sua gravidade por reações nucleares que ocorrem no seu centro (núcleo), que gera por si só uma força de dentro para fora. Quando, digamos, o "combustível nuclear" da tal estrela acaba, a força interna cessa, e a gravidade começa a comprimir a massa em direção ao centro. Todos esses acontecimentos, levados ao extremo, podem gerar um buraco negro. Interessante dizer que a fronteira de um buraco negro chama-se "horizonte de eventos", e é a partir dela que NADA consegue escapar da sua força, nem mesmo a luz.

Como dito antes, o buraco negro suga tudo, até a luz. E como nós enxergamos a luz, é impossível vê-lo, pois ele não emite a luz, nem a reflete, o que o torna, portanto, invisível. O quê é possível observar, no entanto, é a influência desse fenômeno nos corpos ao redor dele. Ou seja: se existir uma atração gravitacional fortíssima no centro da Via Láctea, fazendo estrelas orbitarem ao redor de certo ponto, é provável que exista ali um buraco negro. O buraco negro pode ter vários tamanhos: pode ser microscópico, quanto macroscópico, com dias-luz de diâmetro. Pra você ter uma noção, um dia-luz equivale mais ou menos à realizar a viagem Terra-Sol cerca de 173 vezes. Ah, é interessante frisar também que buracos negros, enquanto perambulam pelas galáxias, podem se fundir à outros buracos negros. E quando os buracos negros se fundem, eles aumentam de tamanho. E vão se alimentar, sugar, cada vez mais forte e mais rápido. Essa fusão chama-se "buraco negro super maciço". Ele come a matéria tão rápido que acaba vomitando raios de energia chamado "quasares".

Sei que eu e você estamos flutuando no Universo com essas considerações, mas vamos voltar à Terra, que é o foco das nossas divagações de hoje. Vamos aterrisar, mais precisamente, no Egito Antigo. Pois para entendermos a Teoria em si, devemos nos socorrer de um dos "Princípios Herméticos". Hermes Trimegisto era considerado pelos egípcios o "Mensageiro dos Deuses". Dentro da Filosofia Hermética e seus princípios, destacarei um em especial:

"O que está em cima é como o que está embaixo, o que está embaixo é como o que está em cima."



Basicamente, eles acreditavam que o que ocorre no Universo, ocorre no Terra, que por sua vez ocorre também dentro do próprio ser-humano. Do macro ao micro, do micro ao macro. E é muito plausível aceitarmos este princípio. Ao bom observador, será nítida a semelhança, por exemplo, entre um sistema solar e uma célula animal. 

Agora, vamos ficar atentos à Teoria em si, a "Teoria do Buraco Negro Social". Não há de se filosofar muito acerca dessa teoria, na verdade. Há apenas de fazer pequenas mudanças. Seguinte: Se o Universo é o palco de atuação do "buraco negro tradicional", o "buraco negro social" terá como palco o nosso orbe: a Terra. E se o que geram buracos negros tradicionais são estrelas e outros corpos celestes, o que gerará o buraco negro social serão pessoas. Como eu, você e o Zé da esquina. 

Mais acima, chegamos à conclusão que o fato gerador do buraco negro é a desestabilização da gravidade do tal corpo celeste. Por sua vez, o fato gerador da desestabilização da gravidade do corpo celeste é sua falta de combustível em seu núcleo. Isso, no buraco negro tradicional. No buraco negro social, já lhe foi explicado que em vez de corpos celestes, temos PESSOAS. E digamos que uma pessoa equilibrada e consciente, é um corpo celeste (pessoa) com um perfeito eixo gravitacional (equilíbrio e consciência), que é resultado de suas combustões nucleares internas (vontade), gravitando pelo Universo (sociedade).

O buraco negro não é uma criação à parte do Universo. É apenas um efeito. E todo efeito, tem uma causa. A causa do buraco negro tradicional é o próprio corpo celeste que ficou sem combustível. A causa do buraco negro social é a própria pessoa que ficou sem vontade. 

No Universo, o corpo celeste que perdeu seu combustível parece querer sugar tudo à sua volta, em um ato desesperado. Como ele não produz mais energia, ele a suga. Na sociedade, a pessoa que perdeu sua vontade, o seu foco, parece querer também sugar tudo à sua volta, em um ato desesperado, e muitas vezes até inconsciente.

Muitas pessoas se tornam "buracos negros sociais". Pessoas que perderam sua motivação inteligente, lógica e racional, muitas das vezes sem perceber. E normalmente, essas "pessoas buracos-negro" sugam para seu interior "pessoas corpos celestes", pois no fundo é só isso que elas sabem fazer agora: sugar o que for, não importando pra ela a história daquele corpo celeste que ela sugou. E da mesma forma que ela tornou-se uma pessoa invísivel, ela suga também toda a luz daquele corpo celeste, num ato mecânico e irresponsável.



Sim, essa é a grande diferença entre o "buraco negro tradicional" e o "buraco negro social". Um, é uma força da natureza. O outro, é uma força inteligente da natureza. Sim, o buraco negro exerce todos seus atos desinteligentes com inteligência, e irresponsabilidade. Tudo isso, decorrido de um processo de falta de vontade ou de falta de informação. Ou dos dois. Cada buraco negro tem sua história.

Agora o mais interessante da humilde teoria, na minha opinião: Sim, pessoas podem ser um buraco negro social. Mas você lembra-se um pouco mais acima, que falamos sobre buracos negros que perambulam pelas galáxias, e que se fundem, formando assim os chamados "buracos negros super maciços"? Lembrou-se? Ótimo! Pois então: o que mais vemos na sociedade são "buracos negros sociais super maciços". São esses, que resultam da fusão de várias buracos negros. Eles se fundem, quando se reúnem em um mesmo lugar específico. E se um "buraco negro social" é uma pessoa por si só, um "buraco negro social super maciço" é um local específico onde essas pessoas de "fundem", não no sentido literal, mas no sentido social. Se fundem, quer dizer, se reúnem. Ou seja, um "buraco negro social super maciço", na nossa sociedade, pode ser um bar específico, uma danceteria específica ou um quiosque de praia específico. 

Para finalizar, digo à você que é impossível reconhecer os buracos negros sociais à olho-nu. Como os buracos negros tradicionais, eles são invisíveis aos nossos olhos, pois não têm luz. Mas podemos fazer como os cientistas e astrônomos: observar a influência desse fenômeno nos corpos celestes à sua volta. Ou seja: se existir uma atração gravitacional fortíssima em algum lugar da sua rua, bairro ou cidade, fazendo pessoas orbitarem ao redor de certo ponto, é provável que exista ali um buraco negro social. Cuidado para não ser sugado. No decorrer do texto, disse à você que a fronteira de um buraco negro chama-se "horizonte de eventos". Vamos chamar a fronteira entre você e o buraco negro social de "horizonte de eventos sociais". É ali que você deve permanecer. Pode até observá-lo, mas da área segura, fora do horizonte de eventos. Longe da causa, e dos efeitos. E caso você seja, ou tenha sido sugado, eu vou rezar para que você lute com todas as improbabilidades astronômicas, sociais e morais e seja vomitado de volta em um "quasar" para o Universo-sociedade, independente no estrago que essa sugada tenha causado no seu espaço-tempo particular.

Boa noite!

3 comentários:

  1. Achei bem complicada essa história de buraco negro social, mesmo. HUAHUAHUAHUAH... Todo o advogado gosta dessas teorias complicadas, hein? Simplificando o assunto todo, seriam esse buracos negros sociais os famosos encostos? HUAHAHUAHUAH... Destroem td de bom que têm dentro de vc?
    EU, HEIN!

    Bjããoo xuxu!

    ResponderExcluir
  2. Isso tá bem além do Direito...é uma mistura de astronomia, física, química e filosofia. rs

    ResponderExcluir